APRESENTAÇÃO

A operação ‘Projeto OOM’ (M1420-01-0145-FEDER-00000), é co-financiada pelo Programa Operacional da Região Autónoma da Madeira (Madeira 14-20), ao abrigo da estratégia Portugal 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). Esta operação está focada no estudo da zona costeira adjacente à ilha, e uma das principais actividades prevista no projeto para o estudo e monitorização da costa foi a colocação de um sistema de radares HF.

Os Radares HF da Madeira tem como objectivo demonstrar as características únicas, benefícios e utilidade que a tecnologia SeaSonde e as aplicações de valor acrescentado podem proporcionar à comunidade oceanográfica Madeirense, e para a sociedade em geral.

O Observatório Oceânico da Madeira (O.O.M.)  lidera esta iniciativa, sendo a QUALITAS INSTRUMENTS e a CODAR OCEAN SENSORS os parceiros tecnológicos.

No âmbito deste projecto serão instaladas na Ilha da Madeira duas estações de Radar HF CODAR SeaSonde Standard Range, fabricadas pela CODAR Ocean Sensors na Califórnia (E.U.A.), capazes de medir a velocidade e direcção das correntes oceânicas superficiais até cerca de 75 km, sob quaisquer condições meteorológicas. Outros sistemas de monitorização oceanográfica são insuficientes para proporcionar a informação de correntes superficiais que os radares são capazes de proporcionar, e que são requeridas pelos cientistas e entidades operacionais.

Embora o Radar HF SeaSonde seja um sistema operacional em muitas redes de observação oceanográfica de todo o mundo, este projecto é a primeira implementação de tal tipo de sistemas da Ilha da Madeira. Esta demonstração da tecnologia SeaSonde tem como objectivo proporcionar dados não só para a comunidade científica mas também para os sectores das energias renováveis e outros utilizadores finais, tais como a indústria da pesca e aquacultura.